Mudanças... literárias!

sábado, julho 25, 2009
Redescobrindo o Brasil... Salve Jorge Amado!!


Sempre gostei de ler.
Graças aos incentivos do meu pai e sua pequena
biblioteca em casa e a minha tia-avó Nilce que sempre me dava livros, tenho lembranças de estar agarrada à uma história desde muita pequena.
Chega até a ser uma pequena obsessão! Daquelas na qual você pega um livro e só pára para comer ou dormir quando chega ao final da história.

Quando eu era pequena... aff. to tentando enganar quem? A pessoa aqui, mesmo depois de adulta, ainda tem 1,59 e meio!! Tá. Corrigindo. Quand
o eu era MENOR, lia bastante literatura brasileira. A 'culpa' disso, além ta imensa qualidade dos nossos autores brazucas, foi da escola com seus trabalhos e 'treinos' para o vestibular.

Depois (lembro exatamente quando... reveillon de 2000 em Belém!) fui apresentada à ficção policial. Não sei se foi pelo fato de que não foi um dos reveillons mais divertidos e por isso meu pai quis me distrair, mas ele me deu o Post.Mortem da Patricia d. Cornwell. Simplesmente foi paixão à primeira 'lida'!! Até hoje compro livros dessa autora.
E apartir dai li os chamados best-sellers, mas sempre voltado a ficção policial.

Também tive uma queda pelos bruxinhos de Harry Potter e tenho os 4 livros da série Crepúsculo... Eu sei.. eu sei... bem comercial da minha parte. Mas tem seu valor.

Mas vamos ao que interessa..
Ontem, sem ter muito o que fazer, procurei todos os livros que tenho em casa. E já tinha lido todos!! E não estava muito afim de reler. Até que, quase que no fundo da pilha, achei O livro!!
Foi um presente de um amigo queridissimo, Philipp, que quis mostrar ao Filipe um pouco da cultura brasileira. Um livro de 283 páginas, que li em dois dias!

Apresento à vocês...
Capitães da Areia de Jorge Amado é simplesmente ESPETACULAR!! Um livro atualissimo, apesar de ter sido escrito em 1937.

O livro conta a história de Pedro Bala e sua gangue de meninos de rua que pecorrem as ruas de Salvador com o sentimento sincero de liberdade. É fácil se emocionar com as histórias de vida de cada um dos personagens e o que fez com que eles se unissem nessa fraternidade que tem suas regras e lhes passam segurança.

Você acompanha toda a admiração de Pedro Bala pelo pai, que nunca chegou a conhecer, mas que suas histórias de luta pelos trabalhadores lhe enchia o coração. Vai conhecer a revolta, causada pelo abandono, do Sem.pernas, o amor pelo sertão e pelo seu 'padrim' Lampião de Volta Seca, a bondade de João Grande, o talento do Professor, a malandragem do Gato e a vida de tantos meninos que aterrorizavam os ricos com seus furtos, atormentavam a policia com suas fugas mas que tinham a amizade e o carinho de quem deixava tudo isso de lado e se dispunha a conviver e compreender.

Jorge Amado faz você viajar pelas ruas de Salvador. Faz com que você viva toda a história, se imagine como um membro dos Capitães, conheça a bondade e a fúria dos orixás graça a Dona Aninha (mãe de santo guerreira que ajuda e é ajudada pelos meninos).

"A pequena comunidade dialoga com todo tipo de influência: do padre José Pedro, que os acoberta enquanto tenta regenerá-los; do capoeirista Querido-de-Deus, que os contrata para serviços escusos; do militante comunista João de adão, que busca despertá-los para a luta política.
Os destinos dos Capitães da Areia também serão variados: uns morrem de doença ou de tiro, um vira artista, outro revolucionário, a maioria insiste na via do crime. Com sua prosa repleta de verve e humor, Jorge Amado nos torna íntimos de cada um desses personagens singulares e nos contagia com sua obstinada gana de viver."

Você vai sorrir com suas aventuras, chorar com suas angustias, se inspirar com sua lealdade.

Vale a pena!

Viva Jorge!

"Eu continuo firmemente pensando em modificar o mundo e acho que a literatura tem uma grande importancia." - Jorge Amado

Enjoy!


2 comentários:

  1. Marianna Gomes disse...:

    Mari, ameiii o seu post, cada dia que passa vc escreve melhor hein? Danadinha! Rss. Que bom que gosta muito de ler. Eu tive fase que gostei outras não, e agora estou amando graças a Deus! Jorge Amado, ai ai figura ilustre da minha terrinha... Li outros livros dele mas esse não li ainda acredita? E vc me deixou na vontade, está na minha lista assim que puder vou fazer isso! Valeu amiga pela dica ;) Bjuu

  1. mariana disse...:

    Mari..
    Capitães da Areia realmente vale muito a pena!!
    A proza de Jorge já é uma delicia né!!
    Esse livro foi daqueles que no final vc ainda continua imaginando o que os personagens fizeram depois do que foi narrado... Se a revolução de Pedro Bala deu certo, Se o Volta Seca continuou acompanhando o 'padrim' dele..
    é muito bom!